domingo, 31 de outubro de 2010

Google obrigada a retirar 21900 imagens e os 64900 links


«O Google Brasil já recorreu da liminar que o obriga a retirar do ar as 21 900 imagens e os 64 900 links que aparecem para quem digitar as palavras “Xuxa” e “pedófila”.

A decisão judicial em favor de Xuxa foi tomada no início do mês pela Justiça do Rio de Janeiro. Xuxa quer que o Google não mostre qualquer desses links, nos quais aparece em boa parte deles nua ou em cenas de sexo tiradas do filme Amor Estranho Amor, de 1982. A decisão da 1ª Vara Cível do Foro Regional da Barra da Tijuca era clara: se não tirá-los do ar, o Google teria que pagar 25 000 reais por cada “resultado positivo” de busca. Além disso, teria que pagar outros 20 000 reais por foto ou vídeo de Xuxa “sem vestes”.

Até a semana que vem, os advogados do Google apresentarão a contestação à decisão judicial. Mas antes disso, entre hoje e amanhã, Xuxa contra-atacará o maior site de buscas do mundo.

Vai entrar com uma petição alegando que o Google está desrespeitando uma decisão judicial, já que os links não foram retirados ainda. Seus advogados estimam que a multa, hoje, do Google já seria de cerca de 13 milhões de reais.

Para manter tudo como está, o argumento do Google é o seguinte: “O Google não produz, altera, edita, monitora ou interfere nas informações indexadas pelo buscador. Usuários que desejam que alguma informação seja alterada ou removida da Internet podem entrar em contato com o webmaster da página em questão para saber mais sobre sua política de retirada de conteúdo”.

É uma briga ainda longe de seu final.
»

por Lauro Jardim, em 28-10-2010.


Opinando:
Xuxa Meneghel, por muito poder que agora tenha e parece que tem, não é assim que vai conseguir apagar o passado. Muito antes pelo contrário, pois só vai fazer com que mais se fale e mais se veja o seu Amor estranho Amor (1982) no qual seduz um miúdo de 12 anos. O filme é seu porque não só foi protagonista como comprou os direitos do filme a troco de uma renda anual.

Apesar de não conseguir apagar o passado que tanto a envergonha, Xuxa faz um grande favor a quem defende a legalidade do ThePirateBay. Pois traz à discussão se os motores de busca são ou não responsáveis pelos conteúdos que indexam.
  • Se forem, a Google e os outros motores de busca vão à falência a pagarem uma taxa diária de 10 000€ (25 000 reais) por infracção.
  • Se não forem, então o ThePirateBay não pode ser considerado ilegal.
O argumento apresentado pela Google é igualmente válido para o ThePirateBay porque o “O ThePirateBay não produz, altera, edita, monitoriza ou interfere nas informações indexadas pelo motor de busca”. Acresce que o ThePirateBay não aloja conteúdos ao passo que alguns serviços fornecidos pela Google, por exemplo o YouTube ou o Picasa, alojam.

2 comentários:

  1. ola passando aqui pra dizer
    que adorei seu blog
    e ja estou seguindo ele
    se quiser seguir o meu
    agradeço meu nome Darlan
    http://filmesgratisdown2010.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. fala serio deu mais que xuxu na serra agora ta de graca grandes coisas que tem ai

    ResponderEliminar